Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • ARTIGOS   /
  • ‘O Polígono Áureo’, por Eduardo Maia

‘O Polígono Áureo’, por Eduardo Maia

mapa do céu

Na madrugada dessa segunda-feira, vários aspectos astrológicos magnos, íntegros e superpostos configuram uma Mandala ímpar que apresenta

um ‘POLÍGONO ÁUREO’ culminante – inicia 0h 35m 33s e termina 3h 39m 45s, de 26 de agosto/2013.

A sequencia teve início muito antes :

1º O Stellium de Mercúrio/Sol/Ceres em Leão {iniciou 16/8 – 19h 4m e terminará 2/9 – 16h 3m em Virgem}

2º A Grande Cruz angular, com Vênus em Libra fechando a quadratura ‘T’, com oposição Urano ] em Áries; quadratura com Júpiter em Câncer; quadratura com Plutão ] em Capricórnio; e Júpiter em oposição com Plutão ]. {iniciou 22/8 – 9h 56m e terminará 28/8 – 17h 12m}

3º O Retângulo Áureo (fixo/mutável & terra/água), com Sol/Mercúrio em Virgem, com sêxtil Saturno/Cabeça Dragão em Escorpião; trígono com Lua/Cauda Dragão em Touro – que tem sêxtil com Netuno ] em Peixes – que tem trígono com Saturno/Cabeça Dragão em Escorpião. {inicia 25/8 – 7h 45m(com Lua em Áries) e termina 26/8 – 3h 40m}

4º O Grande Trígono, agora em terra, com Lua em Touro, em trígono com Plutão ] em Capricórnio, em trígono com Sol em Virgem, que inscreve um Pequeno Trígono (até 5/9) com Saturno em Escorpião em sêxtil com Plutão ], e perfaz um Tetraedro Áureo.{inicia 25/8 – 18h 3m e termina 26/8 – 7h 19m}

E finaliza com dois sêxtils-asas para Júpiter em Câncer e para Netuno ] em Peixes.
Teremos todos os planetas lentos (os invisíveis ]) envolvidos, além dos Luminares e dos 2 Planetas interiores.
Ficam de fora – ilhados – o primeiro Planeta exterior, Marte-da-guerra-bruta; e Pallas-da-guerra-justa, ambos em Câncer.

Com cardápio requintado e Rorschárico, desfilam borboletas, balões, dianas, flechas, ampulhetas, pentagramas, flâmulas, losangos, totens e até pirâmides-com-avatares para os esquisotéricos!   Um deleite!

[Orbes (parcas) nos aspectos: conjunção e oposição – 7º; trígono e quadratura – 5º; sêxtil – 4º; luminares +1º; +20’ de aplicação e + 15’ de separação]

céu

 

“O Cometa ‘Sol-aproximante’ ISON flutua em um cenário aparentemente infinito de inúmeras galáxias e um punhado de estrelas do primeiro plano.

O visitante gelado, com sua longa cauda gaze, parece estar nadando como um girino através de uma lagoa profunda das maravilhas celestes.

Na realidade, o cometa é muito, muito mais…’              (NasaEsa e Hubble Heritage Team 2013)

 

Vamos observar o céu nessa madrugada – que é muitíssimo mais! – e nadar com o Cometa?

 
 

A interpretação contemporaneizada dos Aspectos, sempre em aberto.
A etimologia latina (aspectus) aponta para o olhar, horizonte, aparição, figura.
Na Astrologia Tradicional, foi usada como consenso (& dissenso) por Manilius, Cícero, Horácio.
Os Aspectos portanto, convidam a um olhar para outros horizontes; ver questões emocionais sob outros ângulos;
aparição de figuras que consentimos que se completem …

Em raras oportunidades, os vários ângulos se superpõem e formam Polígonos.
O fundamento para a interpretação dessas figuras remonta à Grécia antiga:
O Número Áureo, produto da busca pelas proporções, do nosso olhar para as figuras.

As Proporções Perfeitas receberam uma letra – PHI (de Fídias)– expressa com um número = 1,618.
E representada no ‘Retângulo de Ouro’ – base para a concepção do Parthenon e imitada na fachada da ONU.
Essas ‘Proporções Ideais’ repercutem na Fauna/Flora/Homem e foram desenhadas por Vitrúvio, como “O Homem Bem Configurado”.
E redesenhadas por Da Vinci em “O Homem Vitruviano” que se tornou célebre como ‘As Proporções Ideais’.
E sem esquecer a teoria de  Kepler, vinculando ‘Os Sólidos Perfeitos’ com as órbitas dos Planetas.

Pois bem, o ‘Polígono Áureo’ é uma reunião de Conjunções Áureas (o Stellium) + a Grande Cruz + o Retângulo Áureo + o Grande&Pequeno Trígono = o Tetraedro Áureo!

O Polígono persiste de 0h 33m às 3h 39m e nos convida a ver com outro olhar os consensos & dissensos, focar novos ângulos e inaugurar horizontes.

Correspondência entre a Harmonia dos Planetas & a nossa Psiquê, abrange o Pessoal, Social e Transcendental!

Oportunidade cara-e-rara para:
elaborar a Consciência&Mente em Paz;
entender as Crucificações dos Poderes Decadentes com as Anarquias Procedentes e fechar as Encruzilhadas com a Arte, o Eterno Feminino
(Há que protestar, mas sem perder a Poesia jamais!);
escutar as tensões internas das Fantasias & das Restrições, mas a resiliência permite inaugurar Oficinas do Saber e do Sonhar;
elevar a Solidariedade à categoria de redenção da Cornucópia da Natureza e preparar as Oficinas de S.O.S. (com Círculos Virtuosos)
e a Alquimia das Instituições (não é auto-ajuda: é Alta-Acuda!).

Nesse Polígono Áureo, vamos refletir sobre o nosso Mapa do Céu?
Comece com as Coordenadas da sua casa e da sua cidade e veja onde aponta o Ascendente do Polígono no seu Mapa;
se você tem algum Aspecto Áureo no seu Mapa do Céu, estimule-o e considere;
se não tem, complete o que falta com os vários graus do Polígono, entusiasme-se e reconsidere;
descubra os dissensos, analise os consensos e trace suas contrapartidas pessoais, sociais e transcendentais;
se não conseguiu sozinha(o), consulte seu Astrólogo!

No transcendental, a Arte, a Filosofia e a Fé!

sabedoria

 

“Radiante e inalterável é a Sabedoria;
facilmente se deixa ver por aqueles que a amam e encontrar por aqueles que a buscam.
Antecipa-se a manifestar-se aos que a desejam.
Quem por ela madruga, não se cansará: há de encontrá-la sentada à sua porta”.
(Sabedoria  6,12-14 (atribuído a Salomão)

 

                                     No ápice desse Polígono Áureo, vamos madrugar por Ela, que já está Sentada em nosso portal?

Xêros Áureo-Poliédricos!

Eduardo Maia

 

castor&polux

Academia Castor & Pólux e 31 anos Jubileu de Nácar

castorepolux@uol.com.br

(81) 3268.2117

Leave a comment