Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • AGENDA   /
  • ‘Encontro Viva a Vida’ dias 16 e 17 de maio, na Praia do Francês/AL

‘Encontro Viva a Vida’ dias 16 e 17 de maio, na Praia do Francês/AL

viva a vida

A artista e culinarista viva Ana Diniz realiza nos dias 16 e 17 de maio, na Praia do Francês/AL, o Encontro Viva a Vida, reunindo vivências de Alimentação Viva, Dança Criativa, Contato Improvisação, Cocos, Cirandas e Maracatu.

◥Alimentação Viva
A alimentação viva é feita com alimentos em seu estado natural, isto é, crus ou, no máximo, desidratados, fermentados ou amornados. Ao contrário das comidas cozidas e industrializadas que perderam muitos de seus nutrientes no processo de preparo, essas iguarias, conhecidas como alimentos vivos, preservam suas estruturas moleculares intactas e são ricas em vitaminas, sais minerais, enzimas e outras substâncias benéficas ao organismo. Uma alimentação natural vegetariana que não leva açúcar nem conservantes, feita a base de brotos e sementes germinadas ou hidratadas, frutas, verduras e temperos.

◥ Dança Criativa
A Dança e improvisação é a oficina de dança criativa criada por Ana Diniz em 2000 e tem o objetivo de liberar o corpo para criar seus próprios movimentos, redescobrindo sua criatividade e as possibilidades de movimentação. Inspirado nos trabalhos de Dança Criativa e teoria do movimento de Laban, na Dança Educativa de Isabel Marques, na Dança Terapia de Maria Fux, na Dança Espontânea de Rolf Gelewski, na música contemporânea e no teatro.

◥ Contato Improvisação
O Contato Improvisação é uma técnica surgida nos EUA no início dos anos 70, no marco da dança pós-moderna, e logo amplamente disseminada fora do âmbito artístico por vários países do mundo como uma nova “dança social”. Baseia-se no toque e na expansão das percepções como base para o desenvolvimento de um diálogo físico, profundo e espontâneo. Em sua origem, e ainda hoje nas abordagens mais “puras”, fez-se necessária a dessexualização do toque, pois propõe um nível de envolvimento físico de grande intimidade. O foco está no aumento de possibilidades do sentido do tato como orientador do movimento, facilitador da entrega e potencializador de níveis mais sutis de comunicação não-verbal. Isso requer que você reconheça a identidade e integridade do outro, a partir da “escuta corporal”.É certo que todos temos um corpo, mas temos limitada consciência dele. Não importa qual seja o sexo ou a condição do corpo, pois a técnica não é muito estilizada, nem muito rígida em sua fórmula. Não é sobre quão rápido, alto, forte, flexível o indivíduo pode ser, não é esse o ponto. O ponto está na qualidade de uma parceria, não na quantidade.

Uma das premissas básicas do Contato Improvisação é: “Qualquer corpo pode dançar”. Com essa técnica aprendemos que não há corpo que não tenha suas limitações, mas elas não serão impedimento para a dança. A dança no Contato Improvisação, não se foca na habilidade, força ou flexibilidade de um corpo, mas na qualidade da escuta num dueto.

● PROGRAMAÇÃO
Manhãs:
Produção do alimento em 3 grupos.

☼ Sábado
Café da Manhã: suco verde, vitaminas e granola.
Almoço: Muqueca de caju e farofa
Lanche: Torta Viva

☼ Domingo
Café da Manhã: suco verde, geleias e mandalas.
Almoço: pizzas
Lanche: sorvetes

Obs.: entre as refeições teremos frutas e no jantar teremos raízes cozidas, opcional.

✺ Tarde do sábado
Oficina de dança e improvisação e de contato improvisação

☽ Noite do Sábado
Roda de cirandas

✺ Tarde do domingo
Vivência dos cantos e danças pernambucanas: maracatu, ciranda e coco.

Roda de coco

Obs.: No intervalo das atividades teremos a opção de praia, piscina, descanso , filmes afins (La Belle Verte e documentário sobre um restaurante 100% vivo), de livre escolha.

Ana Diniz é formada em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco desde 1995, Fez diversos cursos: dança espontânea com Dorinha Melo, o curso que norteou a sua pesquisa em dança; cursou dança contemporânea com Henrique Shuller, com os estudos de Rudolf LABAN ; com Isabel Marques dança educativa, e com Fernanda Santa Cruz dança para inclusão de portadores de deficiência; Em 2002 oficina de dança terapia com Maria Fux; em dança popular fez parte do Balé Brasílica, grupo juvenil do Balé Popular do Recife e do Maracatu Estrela Brilhante do Recife.

Arte-educadora criou o curso de “Dança e Improvisação” e o “Workshop cantos e danças de Pernambuco” realizando diversas jam´s no Recife entre 2000 e 2004. Entre os principais trabalhos atuou como coordenadora da comissão de cultura do I FSNE(Fórum Social Nordestino), em 2006 iniciou sua carreira solo de cantora, compositora e produtora fonográfica realizando 2 CD´s ; “Cocos, cirandas e cancões” 2007 e “Terra” 2010, na CASA CULTURAL ANITCHA -2010 -RJ- atuou como arte-educadora da comissão de cultura e artista residente, participou do movimento “Coco e Ciranda de Santa” -RJ, como artista convidada e mestre de cerimônias de 2008 a 2010 e participou das 3 versões do Contact in Rio como aluna e um ano na comissão de organização, participou também de festivais de Contato Improvisação em São Paulo.

Entre os principais professores de Contato- Improvisação estão: Marcos Abranches, Tal Avni, Hary Salgado, Cristina Turdo, Mirva Makinem, Giovane Aguiar, Tica Lemos, Pier Luggi zonzin e outros. Além de cursos regulares com Guto Macedo, Fernando Neder e participação nas Jams do Espaço Corpo Seguro-RJ.
Em 2014 realizou o espetáculo “Dança Comigo” na Mostra de Dança de Caruaru como autora, diretora e dançante.


★ Sobre Alimento Vivo cursou:

Biochip-Puc com Ana Branco-RJ-2009;
Projeto Terrapia-Fiocruz com Maria Luiza-RJ-2009;
Praticou Culinaria Viva no Espaço Trigo e Girassol – Lapa RJ (antiga Oficina da Semente, restaurante 100% vivo.) de Ago-2008 a Out -2009;

Criadora do Espaço Vivo – cursos e produtos de alimentação viva em Recife, 2013.

SERVIÇO
Encontro Viva a Vida
Data: 16 e 17 de maio de 2015
Local: Pousada Trilha do Mar, Praia do Francês/AL

✷ Colaboração com alimentação inclusa:
R$ 80,00 (1 dia)
R$ 120,00 (2 dias)

✷✷ Valores com alimentação e estadia inclusa:
Quarto com ar: Diária: 50 por pessoa
Camping: R$ 20,00 por pessoa

Obs.: Quem for repousar na pousada, terá desconto no curso.

✷✷✷ Forma de pagamento:
Para os interessados que moram fora de Maceió, pode ser realizada uma transferência do valor na seguinte conta:
CAIXA ECONÔMICA
AG. 0651
OP.013
CP. 18130-9
Ana Maria Diniz da Silva

Para os moradores de Maceió, favor entrar em contato com Luiza Rubenich para realizar a inscrição pessoalmente.

Luiza Rubenich – (82) 9948-1113 (Tim)/ (82)9611-3442 (WhatsApp)

+ Infos:
Ana Diniz – (81) 9943-8008

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/709497942491978/

Leave a comment