Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

[CONTOS] O Vestido

|Por Daniella Freitas |
[ freitas27daniella@gmail.com ]

O vestido do seu sonho estava dentro de um guarda-roupa na casa de tia Elza. A casa que agora era sua, por força de testamento lavrado em cartório pela tia e madrinha. A mais doce e carinhosa das irmãs de sua mãe.

Como tinha o seu apartamento, decidiu que o imóvel herdado iria para locação. Encontrou o vestido no dia em que levou seu Álvaro para checar a estrutura física da casa.

O pedreiro vistoriava a suíte, quando ela – sentada no colchão velho que jazia na cama- percebeu que o armário não estava vazio. Era um modelo curto, de veludo marrom.

No sonho, ela estava nos bastidores de um palco. Vestia a peça de veludo, quando alguém perguntou em tom de crítica:
– “Você só tem esse vestido?”
– “Sim”.
Ela só tinha aquele vestido para entrar em cena. Correu até o camarim para procurar algo diferente para vestir, mas não havia tempo. Achou uma estola de plumas douradas e colocou sobre os ombros.

Nunca esqueceu aquela imagem, e agora, para seu espanto, o vestido existia. Mostrou a peça para uma amiga, estudante de moda, que aconselhou uma lavagem a seco para o modelo retrô, estilo anos 70.

Quando surgiu o convite para uma festa, ela viu a oportunidade que esperava para estrear o vestido. Não costumava usar dourado, não tinha muitas opções de acessórios dessa cor. Com ajuda da amiga, separou um brinco e uma bolsa. Também pintou as unhas de dourado, no tom mais forte de esmalte que encontrou.

Ficou emocionada ao se ver no espelho. Não tinha lembrança da tia usando aquele vestido. O dourado entrou ali como uma necessidade expressa em sonho. Dizem que a cor do Sol revitaliza, e ser mulher requer energia. Passou mais uma camada de batom. Estava pronta.

Related Articles

Leave a comment