Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

Vênus entra no signo de Peixes

aphrodite
Imagem: Wikimedia Commons
Por Haroldo Barros
https://haroldobarros.wordpress.com

Continuando seu eterno caminho pelo círculo zodiacal, o planeta Vênus adentrou o signo de Peixes, no dia 3 de Janeiro de 2017, indicando o início de uma fase de entrega e sensibilidade afetiva.

Senhora dos risos e das graças, inspiradora dos afetos e das paixões, a bela Aphrodite é a deusa da Beleza e do Amor. O planeta Vênus, associado a este arquétipo mitológico, vai simbolizar exatamente a dimensão do afeto e da beleza em nós.

Com a entrada de Vênus em Peixes, inaugura-se um ciclo em que o Amor atinge o grau máximo de entrega e dissolvência, convidando-nos a abraçar-nos serenamente nele, contemplando-o.

A Aphrodite Pandêmia era a inspiradora dos amores carnais; a Aphrodite Urânia, por outro lado, era a que revelava os amores etéreos, sublimes. Ambos são manifestados através de seu filho Eros  (= “o desejo incoercível dos sentidos”), o Amor, amálgama do Universo.

Vênus em Peixes vai nos instigar a buscar a compreensão deste sentimento etéreo, que nos aproxima de Deus e sem o qual a vida perde seu sentido, como nos ensina São Paulo em sua II Epístola aos Coríntios: “Ainda que eu fale a linguagem dos homens e dos anjos, se não tiver Amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. (…)Agora , pois, permanecem a Fé, a Esperança e o Amor. Estes três. Porém, o maior deles é o Amor”.

Durante a estada de Vênus em Peixes, o Cosmos nos convida a uma contemplação da Beleza e do Amor, refletindo acerca da dimensão desse sentimento dentro de nós e acerca do nível de entrega a que nos submetemos por conta dele, em qualquer nível de relacionamento, seja familiar, seja de amizade, seja afetivo.

Dica Cinematográfica

O filme Ben-Hur, (Ben-Hur, USA, 2016), com direção de Timur Bekmambetov e estrelado por Jack Huston e Morgan Freeman, contando com a participação especialíssima do ator brasileiro Rodrigo Santoro, no papel de Jesus.

Trata-se da refilmagem de uma clássico épico do cinema, de 1959, com o grande Charlton Reston no papel principal.

Você vai conhecer a história de Judah Ben-Hur, um nobre judeu injustamente acusado de traição e condenado à escravidão. Muitas reviravoltas depois, ele retorna a sua terra e busca vingança.

Mas, diferentemente da versão original, a versão de 2016 tem um final absolutamente surpreendente e que tem tudo haver com a passagem de Vênus em Peixes.

Vale a pena conferir.

Leave a comment