Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

O que entorta

Imagem: domínio público

Por Mallika Fittipaldi *|

Nascemos anjos perfeitos.
Primorosas obras primas.
Crianças de luz.
Em nosso riso felicidade,
Nas pequenas mãos nenhuma maldade.
Nada que perturbe a paz da humanidade.
Crescemos.
E entortamos nossos espíritos.
Na luta por sermos notados,
Na guerra surda para sermos amados,
Nas súplicas famintas de não sermos abandonados.
Mentimos, enganamos, ludibriamos.
A quem quer que seja,
Por um pouco de amor,
Pelo pão à nossa mesa,
Pelo reconhecimento de alguma de nossas obras.
Necessitamos, queremos, desejamos.
Perdemo-nos, como crianças luz, escurecemos.
E quando em um dia nos vemos no espelho da alma
Não nos reconhecemos.
Assusta-nos aquele ser vil que nos tornamos.
Tombamos e sofremos.
Entortamos pela busca dos prazeres que nos oferece o mundo.
Eis que então com sua luz morta e fria
Bordamos nossa mortalha onde enrolamos nossa casca vazia.
Pudéssemos saber de antemão
Que tudo que nos oferta a vida poderia ser iluminado
Por cada ação amorosa que fizéssemos.
O gesto carinhoso com o outro mesmo quando nosso coração sangra de solidão,
O pão repartido quando também temos fome,
O braço amigo mesmo que a dor faça-se presente pela nossa ação.
Pudéssemos saber
Que a rota da real felicidade
Não é a conquista da nossa alegria
louros de vitória
Ou ouro e gloria.
Somente sim criar o bem de todos,
Sendo seres calorosos e amorosos,
Manteríamos nossas almas eretas,
Nossos espíritos radiantes.
Nossas mortalhas brilhantes.
Nossas cascas… Amor.

* Mallika Fittipaldi é terapeuta Holística, Sensei Reiki e palestrante.
Contato: 99621.2409 (Whatsapp) | mallikafittipaldi@hotmail.com

Leave a comment