Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

Japamala

Por Mallika Fittipaldi*
mallikafittipaldi@hotmail.com

japamala_floresnoar 1

Japa = repetição, recitação, murmúrio
Mala = cordão ou colar

Japamala é um rosário (mala) com 108 contas de cristal, sementes, conchas ou outro material, terminando por um arremate geralmente feito de fios coloridos. Destina-se a auxiliar a repetição do ‘Nome de Deus’. Um mala pode ser um colar ou uma pulseira. A pulseira deve ter 27 contas, que precisarão ser contadas quatro vezes para completar 108.

Existem, ainda, outros tipos de mala, como, por exemplo, o Cordão de Brahma(1) e o Cordão de Shiva(2). O primeiro é portado exclusivamente pelos hindus que nascem na casta superior, dos brâmanes. O segundo é uma condecoração.

O mala ajuda na técnica de concentração que utiliza a repetição de um mantra (sílaba, palavra ou verso pronunciado de forma ritualística ou musical, tendo em vista uma finalidade mágica ou o estabelecimento de um estado contemplativo). Assim como no catolicismo se usa um rosário para facilitar a contagem das orações, no hinduísmo e no budismo se usa o mala durante a repetição de mantras.

Existem Japamalas de diversos tipos, tamanhos e materiais e podem ter uma quantidade diferente de contas, de acordo com a cultura ou religião. No Hinduísmo ou Budismo se usa o japa mala com 108 contas, no budismo tibetano pode ser utilizado um japa de 111 contas, havendo sempre uma conta maior representando a Divindade, ao redor do qual giram as 108 distintas manifestações, retornos ou encarnações do Divino.

O Japamala é uma corrente, um cordão de energia. Temos então duas correntes: uma espiritual, “Japa”, outra material, “Mala”. Dessa forma as energias espirituais invocadas pelo Japa (mantra) energizam o Mala (colar).

Japa Mala comum
Cor: Geralmente, avermelhada
Contas: 108
Fios: algodão
O que é: Um contador de mantras
Quem pode usar: qualquer um
Como é portado: no pescoço

Brahmamala
Cor: branca
Contas: nenhuma
Fio: algodão
O que é: símbolo de casta
Quem pode usar: só hindus nascidos na casta superior
Como é portado: cruzando o peito, da esquerda para a direita, até abaixo da cintura.

Shivamala
Cor: Negra.
Número de contas: no mínimo três no máximo nove
Fios: três fios de lã trançados
O que é: uma comenda
Quem pode usar: quem o receber do seu Mestre
Como é portado: cruzando o peito, da direita para a esquerda, até a última costela.

(1) Brahma é o primeiro deus da trindade do Hinduísmo(os outros deuses são Vishnu e Shiva). Brama é considerado, pelos hindus, a representação da força criadora ativa no universo.
 (2) Shiva é um dos deuses supremos do hinduísmo, conhecido também como "o destruidor e regenerador" da energia vital; significa o "benéfico", aquele que faz o bem.

*Mallika Fittipaldi – Trabalha com Florais de Bach, Hipnoterapia Clínica, Escuta Empática, Relaxamento com Reprogramação Positiva Mental, Orientação Energética, Reiki e Runas.
Contato: 99621.2409 (whatsapp)

Leave a comment