Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

[CAIXA DE PANDORA] Depois do fim do mundo

| Por Juliana Florencio* |

O mundo acabou. O que vem agora? Que cansaço essa coisa de morrer… O mundo se acabando… Dar-se conta disso.
Que momento mais grave! Desde a Criação ou o Big Bang, nada causava tanto cansaço…
Não lembro se foi um governo ou se foram os ETs. Lembro que as pessoas estavam perplexas e estranhas…Solene silêncio… Nada de desespero, choro ou ranger de dentes.
Desejo de estar com os mais queridos neste momento… Mas, pra que mesmo? Quem eram mesmo? Os de ontem? Os de agora? Quem seriam os legítimos a compartilhar o último olhar?
Enfim, o mundo iria se acabar de toda forma…
Como eu iria viver sem este mundo?!
Era tudo o que eu sabia, tudo o que eu conhecia, tudo o que eu tinha.
Só lembro de estar flutuando de carro com uma amiga. Procurávamos um lugar para o nosso Fim do Mundo. Passamos por paisagens azuis, úmidas. Sentimos amor e saudades. Passamos por desertos quase brancos de estorricados, cheios de nada, mas havia um shopping à direita. “Que mundo feio este que vai acabar!” – pensei um pouco envergonhada com o que me ocorria.
O Sol brilhava tanto em nosso horizonte!
O mundo se acabaria a qualquer momento….
Como cansa!… Como cansa!…
Não poderia pedir para que acontecesse logo, era muito terrível e grave…
Olhava praquele Sol, com os olhos apertados e, lá no fundo … bem baixinho, perguntava como uma herege, blasfemadora da morte… “Pra onde vou mesmo depois?”

(Sobre um sonho que tive enquanto Urano estava em Áries. Imagem:  colagem que fiz para este sonho.)

* Juliana Florencio é recifense de coração, apaixonada pelos estudos de astrologia, mitologia e psicologia analítica. 
É psicóloga, arteterapeuta e consteladora familiar sistêmica.

Leave a comment