Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • ARTIGOS   /
  • [ARTIGOS] Sacríficio, Páscoa e o sagrado do ofício

[ARTIGOS] Sacríficio, Páscoa e o sagrado do ofício

| Por Ronaldo Patrício* |

Quero aproveitar esse período da Páscoa para trazer à tona uma reflexão: se é verdade que Jesus Cristo morreu na cruz por nós, então por que insistimos tanto em sofrer? Ele aceitou sua missão, desde o início sabia que iria passar por todo aquele flagelo para, depois, voltar à casa do Pai. Antes, bem ali entre o período dos 30 aos 33 anos de idade, ele cumpriu a sua missão, quando tentou tocar os corações das pessoas com suas palavras e suas curas milagrosas, em seu movimento de doação, resgate e salvação.

Durante os três anos do Seu envolvimento social, Ele se doou para resgatar o amor ao qual todos nós, humanos, sentimos. Seu resgate está em sabermos de nossa luminosidade e da nossa possibilidade de amar, simplesmente. Eis a salvação: amar ao próximo como a si mesmo.

De fato, a passagem de Jesus, o messias, causou um impacto profundo em boa parte de nós, tanto que a História da humanidade é contada antes e depois Dele.

Podemos dizer que o principal ensinamento que Ele nos deixou foi o de vir ao mundo e exercer a sua missão aqui na Terra, de maneira profundamente conectada com o Divino. Ele mergulhou nos ensinamentos sagrados e foi um expoente quando se fala em exemplo de pessoa humana: sensível, solidário, paciente e acolhedor. Antes de iniciar seus feitos, foi um profundo buscador.

Ao mesmo tempo em que ele se ofereceu ao sacrifício, estava exercendo o sagrado do seu ofício que era o de nos conectar com o sagrado da vida. Ele, que foi anunciado por tantos profetas, seu mister foi o de nos tocar, motivar a olhar para o alto e saber que existe sim um mistério entre a Terra e o infinito. Existe uma força maior que rege o universo em harmonia com o um Eu pessoal, que é Divino.

Ao lembrar de tudo isso, podemos questionar, em nossa trajetória, qual o sagrado do nosso ofício? Dentro dessa perspectiva, você já parou para pensar no quão sagrado é o seu ofício? Seja qual for o seu trabalho, você vai prestar um serviço a alguém ou a vários seres. Você será a ponte entre o que você faz e como o seu serviço impacta a vida de outra pessoa. Já refletiu sobre isso?

Do ponto de vista pessoal, enquanto escrevo esse texto, percebo que ao longo do meu trabalho, sempre me questionei sobre os possíveis impactos de uma comunicação genuína, inclusive, como reverberar comunicações saudáveis.

Tornei-me tarólogo, com uma longa trajetória e experiência nesse caminho, e também me questiono sobre isso. Quando as pessoas me procuram, quero que elas percebam, antes de tudo, que elas têm o melhor dentro de si. Que elas têm condições de estabelecer essa conexão com o Divino que há em sua essência. Sinto que o Tarot me ensinou muito ao longo dessas mais de duas décadas de estudos e trocas com os clientes, e ainda me ensina. Foram tantas pessoas, descobertas que estão registradas também em mim, nesse movimento de doação, resgate e de salvação, no exercício do sagrado do meu ofício.

O Tarot, por ser um oráculo milenar, pode sim contribuir para que cada pessoa possa encontrar sua energia crística, se auto responsabilizar pelo seu próprio caminho.

Com o Tarot, exercito constantemente a busca na conexão e equilíbrio entre o sagrado do meu ofício, a minha essência divina e a divindade que se traduz na própria natureza de Cristo.

Neste período da Páscoa, que simboliza a passagem, na ressurreição de Cristo, como a energia crística vibra em você? Quais são as transformações por que você passa agora? Em algum nível, existe uma mudança em sua vida e o Tarot pode lhe ajudar a descobri-la.

Que a Páscoa fortaleça o sagrado do seu ofício. Que você possa estabelecer uma conexão profunda entre o que você faz e a energia crística que há em sua essência.

Faça da sua Páscoa um momento de transformação do que você considera sacrifício, para o que pode ser sacro ofício de plena harmonia e auto realização.

* Ronaldo Patrício é tarólogo, terapeuta quântico e jornalista.
Atendimentos:
(81) 9.95036966
serpresentecontato@gmail.com

Leave a comment