Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • AGENDA   /
  • [AGENDA PE] Vivências ‘Compaixão Ativa – Meditação, Arte e Filosofia para o cultivo da compaixão’ em maio no Recife

[AGENDA PE] Vivências ‘Compaixão Ativa – Meditação, Arte e Filosofia para o cultivo da compaixão’ em maio no Recife

A Holos promove no mês de maio, no Recife, o COMPAIXÃO ATIVA, um ciclo de vivências semanais com o intuito de ativar o nosso olhar-sentir-agir movido por compaixão para com nós mesmos e com os outros. Os encontros serão realizados nos dias 8, 15, 22 e 29 de maio de 2018 (terças-feiras), das 19h30 às 21h30.

“Nas sessões, acessamos como a compaixão pode ser ativada a cada instante vivido, momento a momento, de forma leve, lúcida, criativa e significativa para o indivíduo e a coletividade”, declara Mônica Rangel, facilitadora das vivências.

O ciclo de vivências é concebido através da metodologia da Holos que trabalha habilidades emocionais e cognitivas para o cultivo da compaixão, envolvendo: apreciação e expressão artística, práticas de meditação, escuta empática, rodas de conversa, reflexões sócio-antropológico-filosóficas e dinâmicas de grupo. “A cada vivência, buscamos criar espaços para acolher as necessidades de nós mesmos e dos outros em nossas mentes, corações e ações, exercendo a inteireza de nosso potencial humano e transformando nossas relações diariamente.”

“A compaixão, capacidade humana de compreender as necessidades do outro e agir em seu benefício, é um valor/sentimento/atitude reconhecido em diferentes culturas como fundamental para o convívio em sociedade. Para cada pessoa e grupo social, ela ganha diferentes interpretações e formas, sendo normalmente associada a valores como: interdependência, respeito, solidariedade, amor, gentileza e cuidado. Nesse sentido, a compaixão não deve ser confundida com uma simples ação por pena ou uma ajuda pautada exclusivamente em interesses individuais. Sabemos que ao longo da vida somos ensinados ou sugestionados a agir de acordo com valores que muitas vezes soam abstratos ou irreais para nós. Muitas pessoas consideram importante nutrir a compaixão, mas não encontram caminhos palpáveis para tanto”, explica Mônica.

Ciclo de Maio do Compaixão Ativa

Nas terças-feiras 8, 15, 22 e 29 de maio, das 19h30 às 21h30, será vivenciado o novo ciclo do Compaixão Ativa, com o tema ‘Nascedouro: como fazemos brotar e ativar a compaixão em nossas vidas?’

“Nesse ciclo, a partir de uma metáfora envolvendo a diversidade/fertilidade do ecossistema mangue e do ecossistema humano, iremos criar uma linguagem simbólica para acessar em quais condições nascemos/morremos para a vida diariamente. Vamos explorar o que nos motiva a encontrar nossas necessidades de bem estar e realização, como essas necessidades se encontram com as de outras pessoas, o que torna esses encontros significativos e como é possível mobilizar atitudes para contemplar motivações e sentimentos tão importantes.”

A inscrição para o Ciclo de Maio é completa para as 4 sessões e inclui: sala com ar condicionado, tapete e almofadas para meditação e todos os materiais a serem utilizados nas atividades.

Link para inscrição: sympla.com.br/compaixaoativamaio 

Local: Casa Astral – R. Joaquim Xavier de Andrade, 104 – Poço da Panela, Recife.

Investimento: R$ 150,00 (+ 15,00 taxa)

VAGA SOLIDÁRIA: Para esse ciclo, há 1 vaga solidária com contribuição livre ou nenhuma contribuição. Se você sentir que necessita dessa condição ou conhece alguém que esteja precisando, favor enviar um e-mail para holoscompaixao@gmail.com solicitando a vaga.

Depoimentos de quem já participou do ciclo de vivências Compaixão Ativa:

“O ciclo nos fez refletir sobre o que é a compaixão não apenas conceitual, mas de onde e como ela se origina em nós. Sim, recomendo para muitas pessoas. Você emana amor e integridade! Avante moça bela.” (Irany Diniz, participante do Compaixão Ativa de Março)

“Participar das sessões da Holos me conduziu a uma viagem interior, permitindo me conectar comigo e com o outro. Aprender a abrir a porta das emoções, sem julgamentos, buscando entender e atuar no que provoca dor ou sofrimento, com compaixão.” (Laura Severo, participante do Compaixão Ativa de Março e Abril)

“Contribuiu no sentido do cultivo da paciência e do olhar ao outro diferente/igual a si. Claro que recomendo, a experiência me permitiu experienciar e entrar novamente em contato com sensações e sentimentos adormecidos.” (Carolina Moura, participante do Compaixão Ativa de Março)

“Para mim contribuiu no sentido de ativar uma parte além do racional, que sempre foi o que me motivou sobre o assunto. Parei um pouco de pensar para sentir compaixão. Embora tenha dificuldade ainda de explicar o que foi a experiência, sei e sinto que ela me impulsionou a cultivar a calma, a paciência e a sensação de que as coisas boas vão chegar, independente do ‘quando’. Me senti cuidada por mim mesma e por Mônica, que por si só merece todas as recomendações do mundo.” (Rebecca Melo, participante do Compaixão Ativa de Março)

“Contribuiu para me conectar ao sentido da igualdade, isonomia de mim no outro e do outro em mim. Recomendo e desejo prosseguir com você. Ter esse tempo pra mim, desfrutar da companhia de Rebecca, refletir, sentir, pensar, temática pouco comum, mexe com o TODO em mim, me move, me adverte, me encanta, me renova. Parabéns linda Mônica, você é luz!” (Cristina Botelho, participante do Compaixão Ativa de Março)

“Contribuíram com certeza, no sentido de ajudar na reflexão sobre mim mesma, na relação com a percepção dos outros (eu e o outro), de me abrir para compartilhar os pensamentos. Gostei de parar para refletir sobre meus pensamentos e poder compartilhá-los. Abriu meu leque de sentimentos para com o outro e para comigo mesma.” (Patrícia Menezes, participante do Compaixão Ativa de Março)

Sobre a Holos – Espaços de Compaixão

A Holos desenvolve práticas para o cultivo diário da compaixão a partir de uma metodologia singular unindo antropologia, sociologia, filosofia, psicologia, meditação e arte. Tem como valor e diretriz de trabalho o potencial criativo e transformador dos seres humanos, individuais e coletivos por natureza, capazes de exercer sua inteireza ao contemplar as necessidades de si e do outro em suas ações.

A partir de etapas de pesquisa e ação, a Holos propõe consultorias, intervenções, cursos, workshops, palestras e atendimentos individuais elaborados em diferentes formatos e períodos de duração. Busca fomentar espaços mentais e sociais integrados e acolhedores, espaços de compaixão, onde as pessoas sintam-se motivadas a acolher as diferenças entre as partes e aptas a superar adversidades para construção conjunta de experiências de bem-estar e auto-realização.

O nome Holos, que significa em grego ‘todo’ ou ‘inteiro’, simboliza ao mesmo tempo uma metodologia de trabalho que abarca o ser humano como um todo, como também os espaços de compaixão que buscamos criar diariamente.

Sobre Mônica Rangel

Eu sou recifense, cidadã do mundo, amo conhecer realidades distantes – que se tornam próximas – e agregá-las com amor à minha vida. Sou apaixonada por chá, pessoas, arquitetura e filosofia, me formei antropóloga e trabalho hoje cultivando a conexão/compaixão em mim e onde mais puder. Meu interesse teórico e prático pela compaixão surgiu na universidade, onde busquei encontrar um sentimento/atitude reconhecido nas mais diversas culturas, capaz de criar pontes em situações de sofrimento. Ao me aprofundar nos estudos sobre a compaixão, colaborei com o desenvolvimento de um projeto de extensão universitária para o cultivo da compaixão com crianças e adolescentes em uma Escola Municipal do Recife. Esse projeto foi o ponto de partida para a metodologia da Holos, na qual eu aplico a sensibilidade que desenvolvi na vida prática e acadêmica/profissional para compreender realidades distintas e sugerir estratégias para uma melhor convivência entre as pessoas. Esse é um trabalho no qual me dedico de corpo e alma e entrego meu coração todos os dias.

Resumo de minha formação acadêmica: Estudei arquitetura, me graduei em Ciências Sociais na UFPE, sou mestra em Antropologia Social pela London School of Economics (Inglaterra) e no momento estou realizando duas novas formações: Instrutora de Mindfulness Integral (Meditação) pelo Instituto Ciências Contemplativas e Especialização em Psicologia Junguiana pelo IDE Recife.

INSCRIÇÕES E MAIS INFORMAÇÕES
E-mail: holoscompaixao@gmail.com
Fones: (81) 99459-2313 | 99272-9999
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/190496684901317/

Link para inscrição:  sympla.com.br/compaixaoativamaio

Leave a comment