Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • ARTIGOS   /
  • ‘Vênus entra em Escorpião!’

‘Vênus entra em Escorpião!’

Por Haroldo Barros
(publicado originalmente em: http://haroldobarros.wordpress.com)

A entrada do planeta Vênus no signo de Escorpião nos convoca a uma reflexão acerca dos aspectos não visíveis do Amor. Em seu contínuo caminhar pela “roda dos animais” ( zoo = “animal” + diakos = “roda” ), o Zodíaco, o planeta Vênus adentra o signo de Escorpião, nesta quarta-feira, dia 11 de Setembro de 2013, dando início a um ciclo de resgate dos mistérios do Amor.

Símbolo da beleza, do sentimento de afetividade e do Amor, em todas as suas formas, o planeta Vênus está relacionado à deusa grega Afrodite, senhora dos amores, dos risos e das graças.  Ao penetrar Escorpião, signo representativo do Mistério, da transformação e da regeneração, Vênus nos convoca a uma importante reflexão: a de que o Amor, amálgama do Universo, força “que move o Sol e as demais estrelas”, não pode ser compreendido, mensurado ou explicado racionalmente. Ele deve, isso sim, ser vivenciado, sentido, experienciado, pois é um Mistério.

Que o Amor transforma as pessoas, que tem um enorme poder de superação e regeneração, isso nós sabemos. O gancho é o “como”. Pois, assim como Moisés, ao fazer o pacto com o Senhor, não pôde ver a Sua face; assim como, nas páginas da Mitologia Grega, Psiqué não poderia ver o rosto de seu esposo, Eros; assim também existem segredos e mistérios no Universo que jamais poderão ser avaliados, analisados, compreendidos, mas sim vivenciados pela alma. Que não diga, então, aquele que ama: “Deus está no meu coração !” Mas que diga, antes, : “Eu estou no coração de Deus!”

Eis o Mistério!!!

E vem a ciência moderna, com a sua conhecida empáfia racionalista, desenvolver mil e uma teorias psíquicas, comportamentais e até (pasmem!) genéticas para explicar o Amor, como se sobre este pudéssemos colocar uma fita métrica ou um termômetro ou algo que o valha.

Impossible !

Pois não se pode enquadrar o Infinito ou apreender o Inefável. Portanto você pode (e deve) compreender a sua relação com a pessoa amada; mas nem sempre, ou quase nunca, poderá explicar o seu sentimento. A entrada de Vênus em Escorpião é um chamado do Cosmos para que se vivencie o Amor com mais paixão, mais mistério e mais emoção.

É interessante observar que, poucos dias após a sua entrada em Escorpião, Vênus faz quadratura com Saturno e quadratura com Marte, indicando a possibilidade de conflitos entre o afeto e o sentimento de restrição. Esteja atento para perceber que, da mesma forma que “o amor não pode subsistir sem confiança”, também não pode servir de grilhão, de prisão. Se o sentimento não liberta e, ao contrário, escraviza, tolhendo os potenciais, passa a ser prejudicial.

Por outro lado, lembre-se: na busca desordenada pela suposta liberdade, podemos não perceber o verdadeiro significado dos nossos sentimentos ou, pior ainda, podemos não perceber que a ânsia excessiva por essa tal liberdade já é, em si, uma escravidão.

Portanto, não se apresse tanto em “libertar-se” de seus sentimentos; procure perceber, antes, o significado mais amplo deles, em todos os níveis, e, sendo o caso, proceder aos necessários ajustes.

E lembre-se do que disse Roque Schneider: “passei a amar a vida e ela deixou de ser um mistério para mim”.

Leave a comment