Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

Lua Nova em Escorpião, por Débora Mechica

No dia 18 de novembro de 2017, às 8h42 (sem horário de verão), aos 26 graus e 19 minutos de Escorpião, acontece a Lua Nova, dando início à lunação em Escorpião, signo onde, além do Sol e da Lua, também estão Vênus e Júpiter. A lunação em Escorpião vai até o momento da Lua Nova em Sagitário (no dia 18 de dezembro/2017).

Ao assistir o vídeo da astróloga Débora Mechica sobre o evento celeste, não resisti e transcrevi quase na íntegra o que ela diz. Foi uma forma de introjetar mais os conselhos dados, aproveitando para compartilhar com os leitores do Flores no Ar as palavras dela, tão cheias de sabedoria!

A transcrição, quase na íntegra, está abaixo do vídeo. Veja também, após o texto, a sugestão de Ritual para a Lua Nova.

Lu Rabelo, editora do Portal Flores no Ar

———————————————————–

LUA NOVA em ESCORPIÃO | 18 de NOVEMBRO de 2017 | LUNAÇÃO – Encontros Astrológicos

Por Débora Mechica

“O que é que essa lunação no signo de Escorpião pode proporcionar pra gente?! Lembrando que lunação tem a ver com início, é o momento que a gente planta uma sementinha , que pode começar alguma coisa nova, iniciar projetos, colocar as nossas ideias em prática; é uma chance de recomeço que a gente tem.

E quando essa lunação acontece em Escorpião é a oportunidade que a gente tem de trazer algo novo realmente muito maior, porque o signo de Escorpião é o signo de regeneração, é o signo de morte e renascimento, dando-nos oportunidade de findar alguma coisa e iniciar algo novo. A sementinha (a Lua), junto com o Sol no signo de Escorpião, representa realmente o significado da Lua Nova.

Além disso, tem um stellium no signo de escorpião, onde estão juntos, além de Sol e Lua, também Vênus e Júpiter; os quatro planetas dentro da energia escorpiana. A energia feminina está muito expandida. Vênus, por exemplo, é um planeta que tem a ver com amor, carinho, respeito, equilíbrio, paz, harmonia. Júpiter também é um planeta benéfico. E a Lua é um planeta feminino também, de nutrição, e está dentro do signo de Escorpião, que é um signo da energia Yin. Então, a gente tá com essa energia Yin (essa energia feminina, essa energia mais introspectiva) muito ativada. Ou seja, a gente tem questões que a gente pode trabalhar dentro da gente de forma muito  ampliada. A gente tá com facilidade de mergulhar pra dentro do nosso eu, da nossa essência, do nosso inconsciente, pra buscar questões muito pessoais, conseguindo enxergar, compreender – pois o Sol fala do eu, do ego, o Sol ilumina, traz luz – e  a Lua estando junto com o Sol, a gente consegue trabalhar dentro das nossas emoções.

Tá uma energia muito propícia pra ajudar a gente no sentido de AUTOTRANSFORMAÇÃO.

Só que existe um aspecto no céu que tá bem tenso, que é a quadratura de Marte com Plutão (os dois regentes de Escorpião). [Marte está em Libra e Plutão em Capricórnio.]

O signo de Escorpião por si só já é um signo de domínio, de poder, que quer controlar tudo, tenta entender todos os enigmas, quer compreender todo o processo, senão fica perdido, inseguro. É uma energia que precisa ter o controle da situação.

Quando a gente tem os dois regentes do signo de Escorpião (e desta lunação) em desafio, significa que a gente precisa trazer pro equilíbrio a questão do poder.

Ou seja, durante toda essa lunação a gente precisa ficar atento à nossa necessidade de controlar, dominar, de mandar nas situações e nas pessoas. A questão de medir força, de mostrar que é melhor, de tentar controlar alguém no trabalho, ou alguém dentro das relações, ou utilizar da sua força psíquica, ou utilizar do seu poder magnético; todo tipo de poder que a gente tem de conhecimento – seja pela fala, seja pela energia, seja pelo pensamento, seja pelas ações, seja pela agressividade – a gente tem que controlar este mês. A gente tem que utilizar essa energia de uma forma a transformar.

Durante essa lunação, a gente tem que prestar atenção que não está nas nossas mãos curar, melhorar, mudar a vida de ninguém. Esta lunação vai trazer um desafio pra gente de saber manter o controle pra si mesmo, porque a gente pode de repente ter uma vontade de mudar as outras pessoas. (…) Durante essa lunação a gente tá com o poder de autotransformação, e não de transformar os outros nem nada externo, sim dentro da gente. Se a gente quer ver alguma mudança acontecendo, essa grande mudança tem que começar de dentro pra fora.

E como essa energia é escorpiana pode ser que a gente, com essa necessidade de querer mudar, ou de querer dominar, ter controle de alguma situação pra gente não se ferir, pode ser que a gente acabe se frustrando, porque provavelmente a gente não vai conseguir controlar ou dominar a situação. Então pode vir aquela angústia, aquela a vontade de pegar aquilo ali e esganar, porque a gente não tem controle daquilo mais. Então tem que tomar cuidado com a ira, a agressividade, as explosões. Essa lunação é importante pra gente tentar manter o equilíbrio. A boa notícia é que a gente tem muita coisa boa dentro do mapa da lunação que pode ajudar a manter esse equilíbrio.

Tem os aspectos de veia aberta, vindo pra Netuno [Vênus e Júpiter (em Escorpião) em trígono com Netuno (em Peixes)]; Mercúrio (em Sagitário) vindo com sêxtil pra Marte (em Libra); Plutão (em Capricórnio) com sêxtil pra Vênus e pra Júpiter. 

Ou seja, tem aspectos no Céu que podem ajudar a gente a manter a calma, a ter compaixão, a ter compreensão, a encontrar uma fórmula ou um meio de se acalmar, de se desconectar, de se desligar. Sabe quando vem aquela compreensão, aquele amor, aquele respeito, quando brota um lado mais espiritualista dentro da gente, a gente consegue compreender a coisa por um quadro maior. Isso é Júpiter e Vênus em Escorpião, fazendo um trígono pra Netuno.  Júpiter e Netuno são dois regentes de Peixes, tem muita ligação com fé, espiritualidade, religiosidade, elevação da nossa mente, do nosso conhecimento…elevar o nosso saber prum nível mais avançado.

Então, a gente pode buscar, através desses aspectos todos, encontrar paz, amor, harmonia, compreensão, compaixão; tentar entender o outro, se colocar no lugar do outro, sentir o outro, se mesclar com o outro, ou seja, é a gente trabalhar questões do outro dentro da gente próprio também. Ao invés da gente controlar a outra pessoa, ao invés da gente tentar transformar aquela pessoa num marionete, a gente pode trazer essa pessoa pra dentro da gente, tentar sentir ela de verdade – ou a pessoa ou a situação – e ter uma compreensão total daquele quadro. É super interessante a gente utilizar todo esse poder que a gente tá recebendo, porque essa energia de desafio de Marte e Plutão, é um desafio, não significa que essa energia vai transformar a gente em monstros, muito pelo contrário, a gente pode ser testado, ou seja, é um momento de teste, um momento de prova, é um momento que a gente vai ter uma irritabilidade maior, a gente pode ter explosões,  mas existe uma outra via, que pode trazer o equilíbrio, a calma, a compreensão, o se colocar no lugar do outro.

Então, a gente tá com dois aspectos no céu de alguma forma ajudando a gente a lidar com esse desafio.  E aí vem o aprendizado, aí vem a lição da gente saber lidar dentro de uma situação em que a gente quer controlar, que a gente quer mudar, que a gente quer fazer do nosso jeito, que a gente quer aquela pessoa que a gente ama pra gente, ou aquele desejo de ter alguma coisa, de possuir alguém, e a gente quer na hora e no jeito que a gente quer. Tudo isso pode aflorar na gente, principalmente a energia sexual, de domínio, de controle – principalmente de pessoas – pode ficar muito intenso. Mas aí a gente pode aprender através dessa situação. A gente pode aprender muito através desse instinto, que pode ser acordado dentro da gente.

Se a gente souber dosar, controlar essa energia de Marte e Plutão – essa quadratura, esse desafio – pode ser que a gente tenha momentos incríveis, por exemplo, na intimidade, com o nosso poder sexual, com o domínio do nosso próprio instinto, com o domínio do nosso próprio corpo, tudo isso  transformando dentro da gente, mas refletindo na outra pessoa, nos outros, no nosso meio, no nosso convívio. O magnetismo pessoal de todos nós vai estar muito forte, principalmente pras pessoas que têm Escorpião forte no mapa. Mas todos nós vamos estar com magnetismo maior.

A gente tá com Sol e Lua fazendo um aspecto de veia aberta também pra Quíron (em Peixes). Então Quíron está no meio dessa lunação de uma forma bem potencializada, significando que é possível também durante essa lunação a gente trabalhar de forma bem intensa as nossas feridas, feridas lá do passado, que estão no inconsciente, e que talvez ficaram escondidas porque a gente não tinha coragem de olhar pra elas. Agora pode ser que seja um momento muito bom pra gente olhar, encarar essas coisas através da nossa Fé, Esperança, vontade de transformar realmente, de recomeçar, de dar um passo à frente, encontrando forças pra lidar com essas feridas. Pra quem quer, quem tá disposto, quer encarar isso, o momento é propício!

A possibilidade que a gente tem de começar de novo, construindo de forma sólida e com novas crenças, com novo olhar, está incrível!

O ascendente dessa lunação é Capricórnio [que é onde está Plutão, que é regente de Escorpião ], trazendo uma energia de construção, de solidificação. Então por mais que Plutão, Escorpião e Marte estejam aí de certa forma destruindo velhos conceitos, velhas ideias, derrubando estruturas que pareciam firmes, mas que não estavam, de alguma forma todos os escombros vão se transformar em alguma coisa sólida. É importante entender que apesar de tudo, apesar dos destroços, da bagunça, da desordem, a gente tem a possibilidade de reconstruir através desses escombros algo muito firme, algo muito sólido, e que pode perdurar por bastante tempo.

Lembrando que Saturno está em Sagitário, conversando com Urano [em Áries], podendo trazer uma nova visão, um novo conceito, uma nova compreensão de alguma situação que pode morrer. E talvez a gente tenha uma visão até mesmo mais elevada, mais otimista, mais sábia, depois do renascimento.

E com Mercúrio (também em Sagitário) conversando em sêxtil com Marte (em Libra), caso a gente tenha a necessidade de colocar os pingos nos is, é super válido escrever uma mensagem e colocar a sua visão, a forma que compreendemos a situação, o nosso ponto de vista, expressando como a gente está relacionando as nossas ideias com as ideias de um outro alguém. É simplesmente conversar, tentar se comunicar, tentar interagir de forma amigável, tranquila, de forma otimista, trazendo o seu conceito, a sua ideia, a sua crença.

Pode ser que as pessoas consigam entender aquilo que a gente tá enxergando (talvez a gente esteja enxergando um pouquinho além e às vezes a outra pessoa não consegue enxergar). Ou então a gente se comunicando com as pessoas, elas explicando pra gente, a gente consiga compreender um quadro maior, e, no fim, tudo fique em paz, tudo fique tranquilo, tudo seja resolvido e aquele impasse, aquele cabo de guerra, aquela briga, aquela disputa acabe. Que é a disputa de Plutão e Marte, que pode ocorrer!

Um outro ponto muito interessante para trabalhar durante essa lunação é a nossa espiritualidade. A gente tá com alguns planetas dentro da Casa 12 [Mercúrio e Saturno, além de Lilith], com muitos em Escorpião (Lua, Sol, Vênus, Júpiter), e quase todos eles conversando com Netuno e Quíron, em Peixes. A energia pisciana e escorpiana estão muito fortes, e essa energia pisciana pede pra que a gente transcenda, que a gente compreenda um campo mais sutil… vibrações, energias… um campo inconsciente. Essa lunação está chamando a gente pra entrar em contato com o mundo de uma transformação, mas uma transformação que fale pra nossa alma, pro nosso espírito, que venha de dentro, que venha da nossa essência.

Além disso, a gente pode trabalhar muito este mês a nossa sexualidade, a nossa energia sexual. Se você tem problema com o seu corpo, em se tocar, se conhecer, em sentir prazer, em se entregar – em estar presente de verdade, estar ali por completo com a pessoa que você está se relacionando – este mês, esta lunação, tá com uma energia maravilhosa pra trabalhar essa questão, principalmente por conta da presença de Quíron. Aproveitem esta energia, aproveitem esta lunação, pra uma grande transformação de dentro pra fora, pra gente conhecer o nosso poder pessoal, compreender de alguma forma o poder, o controle e o domínio que a gente pode ter dos nossos instintos, dos nossos desejos, nossos prazeres… tá tudo na nossa mente, tá tudo no nosso corpo, e quando a gente deixa esse corpo, essa perfeição que somos nós, fluir naturalmente, sem querer controlar demais, a gente pode aprender coisas incríveis, simplesmente deixando a coisa fluir, fluir naturalmente. Então é a gente meio que se desconectar com a energia pisciana e deixar de alguma forma a coisa acontecer naturalmente, por mais que a gente queira controlar, que a gente queira dominar, pois tá tudo dentro da gente.

A gente tem o poder de dominar tudo aquilo que está nos extremos (que é esse Marte em Libra). É a gente pegar essas extremidades e trazer pro equilíbrio e deixar o rio fluir, a coisa acontecer, naturalmente. É isso que essa lunação tá pedindo.

Mas é importante ficar atento também com relação ao trabalho, sócios, pessoas que estão no dia a dia, é importante a gente reparar se a gente não tá querendo dominar demais, ou se a gente não tá se deixando dominar pelos outros também. É buscar esse equilíbrio, dentro do mercado de trabalho, da área financeira, dentro das sociedades, ou seja, nesse mundo mais mundano nosso do dia a dia é importante a gente ficar atento pra ver se a gente não tá querendo ter poder demais sobre uma situação, ou se as pessoas não estão tentando de alguma forma ter um controle, um domínio sobre nós.

É ficar atento e compreender que a gente pode transformar as coisas até a pontinha do nosso dedo. Saiu daí a gente não tem mais o alcance, aí já é a outra pessoa, e a gente não pode transformar nada no outro, a gente pode transformar dentro da gente e se tornar um exemplo pras outras pessoas.

Desejo pra todos uma ótima lunação no signo de Escorpião com muita transformação, fé, confiança, compaixão, amor, respeito, com a elevação da nossa consciência. E que toda a transformação que chegar pra gente venha pra que a gente consiga de alguma forma construir algo muito sólido, muito firme, que perdure por bastante tempo na nossa vida; coisas boas, coisas que realmente valham à pena, que tenham um real valor pra gente.”

Débora Mechica

SUGESTÃO DE RITUAL

 

Leave a comment