Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • COLUNAS   /
  • [COZINHA SEM FRONTEIRAS] Pão de amor – o falso pão de queijo!

[COZINHA SEM FRONTEIRAS] Pão de amor – o falso pão de queijo!

Foto: Dany Santos

| Por Dany Santos |

Que título é esse?
Pão de amor tudo bem, até porque, amor é meu ingrediente preferido.
Agora, porque, falso pão de queijo?
Ah! Porque ele tem aparência, textura e até um sabor daquele convencional pão de queijo.
É isso mesmo, você vai entender quando testar essa receita. Além de fácil de fazer, fica uma delicia.

Devido a algumas restrições que eu escritora dessa coluna tenho, precisei adaptar minha dieta alimentar e com isso comecei a descobrir um mundo de possibilidades na cozinha. O mais importante: ele não tem glúten, leite, nenhum derivado de origem animal (no meu caso, vegetariana estrita, excluir o ovo e o leite das receitas é fundamental, mas isso é tema para outro dia).

Esse pão pode ser muito versátil, podemos variar as bases, usando diversos tubérculos, legumes, sementes, acrescentar especiarias, ervas frescas ou desidratadas; é só ousar, pois na minha cozinha não tenho fronteiras para usar a imaginação. Porém, uns dos principais ingredientes, além do amor, são os polvilhos, doce e azedo.

Agora vou ensinar o passo a passo da receita básica para todos testarem em casa, mas fiquem à vontade para usar os ingredientes e quantidades que quiserem.

Vamos escolher uma das opções abaixo para dar sabor e consistência ao pãozinho!
– 2 xícaras de Macaxeira (mandioca, aipim… cada região tem um nome diferente)
– Jerimum ou abóbora (também cada região tem um nome. Eu gosto de usar a japonesa, por ter menos água.
– Batata inglesa
– Batata baroa
– Inhame
– Cará
– Batata doce

Para ter uma aparência (igual da foto) e sentir que tem textura de pão de queijo, eu recomendo a mandioca (macaxeira, aipim, como preferir chamar). Outra raiz que eu gosto muito de usar é a mandioquinha, também conhecida como batata baroa. Outra opção, ainda, é a batata inglesa. A bata combinada com a mandioca fica muito bom.

Próximo passo importante são os polvilhos.
– 2 xícaras do polvilho doce para 1 xícara do polvilho azedo

Precisamos de uma gordura;
– 1/3 xícara de azeite ou óleo de coco (caso queira agregar ainda mais valor nutricional)

Temperos e especiarias;
Açafrão da terra ou cúrcuma (nome cientifico) para dar uma cor e tornar nosso pão ainda mais saudável. Esta é uma raiz poderosíssima que junto com um toque de pimenta do reino aumenta a biodisponibilidade do seu princípio ativo (curcumina que é um anticâncer poderoso).
Orégano e sal.

Pré-aqueça o forno em temperatura 200 °C.

Para minha receita eu escolhi a macaxeira, cozinhei até ficar macia, escorri reservando um pouco da água, amassei fazendo um purê e misturei com os demais ingredientes. Caso fique muito seco, acrescente um pouco da água reservada, mas se você perceber que ainda não está no ponto ótimo para modelar os pãezinhos, acrescente mais um pouco de polvilho doce (cuidado pra não colocar demais!).

Faça as bolinhas e coloque pra assar em forma untada por cerca de 30 minutos, ou até ficar dourado.

Faça esse pãozinho e me conta como ficou… Beijos e até a próxima!

 

Dany Santos
Fone: (81) 99627.2761
Fanpage: https://www.facebook.com/danysantosculinarista/
Instagram: @danysantos_culinarista

Leave a comment