Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Logotipo do Portal Flores no Ar

Chico Nunes e o pandeiro

 

| Por Lu Rabelo*|

Em algum dia de 2016 meu amigo Antônio de Hollanda foi levar o pandeiro pra consertar num luthier aqui perto de casa, bairro de Setúbal, no Recife. Eu já o conhecia de nome: Chico Nunes. Resolvi acompanhar o meu amigo até a casa de Seu Chico.

Nascido há mais de 80 anos em Gloria do Goitá/PE, Chico Nunes foi criado no Alto de Santa Isabel, em Casa Amarela, no Recife, e morou  muitos anos em São Paulo, antes de voltar pra capital pernambucana. Além de luthier, seguiu carreira militar, e é cantor, compositor, pandeirista e desenhista.

Simpático, falante e cheio de sabedoria e humor, seu Chico despertou em mim o antigo ofício de documentarista. Gostei tanto dele que marquei de voltar quando Antônio fosse buscar o pandeiro. Só que pedi permissão a ele pra voltar munida de uma câmera de vídeo pra registrar suas histórias.

E foi o que fiz. No dia ainda tive a honra de conhecer e ouvir Dona Zita, esposa de Seu Chico. Foram muitas histórias que ouvimos dos dois, questões de saúde, profissionais, existenciais e muitas memórias carnavalescas.

Neste vídeo ele conta como começou a fazer os pandeiros, mostra o passo a passo e dá dicas de conservação do instrumento. Ao longo de mais de 20 anos, Chico Nunes produziu mais de mil pandeiros, que andam ressoando Brasil afora.

Já fazia um tempo que eu me cobrava para editar e publicar este vídeo. Dia desses até sonhei que estava na casa de Seu Chico conversando com Dona Zita e dizendo a ela que iria editar o vídeo. Mas foi só quando reencontrei esses dias com o meu pandeiro (adquirido há muitos anos) e resolvi dar atenção a ele, limpando-o e voltando a tocá-lo que consegui pegar na gravação, fazer uma edição simples e agora compartilhar.

Gratidão Seu Chico! <3

* Lu Rabelo é cantadeira e editora deste Portal Flores no Ar