Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

[CAMINHO SIMPLES] Felicidade Genuína

 

| Por Caminho Simples |

Um dos principais benefícios da jornada do autoconhecimento é a felicidade genuína.

Provavelmente você já sentiu essa felicidade em algum momento da sua vida. Em geral a gente tem uma memória muito querida de quando isso aconteceu. E, obviamente, a gente associa esse sentimento a um fato que aconteceu em específico.

Mas para a gente que está começando a compreender melhor essa ideia, é interessante que a gente divida dois sentimentos diferentes. Do ponto de vista didático: de um lado a plenitude, o sentimento de plenitude, e do outro a satisfação, o sentimento de satisfação.

A plenitude, que é um sinônimo de felicidade genuína, vem do contato com a nossa essência, que é livre, não é refém da forma. Ela vem de uma dimensão eterna e infinita. Então a minha essência não é o meu nome, não é o meu corpo, é algo que ultrapassa tudo isso. Ela vai além inclusive da minha mente.

O sentimento de satisfação, por outro lado, vem da satisfação de um de nossos desejos. Isso é uma coisa mais daqui, do nosso cotidiano de agora. Quando a gente realiza um desejo, a gente sente uma euforia ou uma alegria momentânea. No caso de a gente não realizar esse desejo, a gente sente uma frustração. Esse é o campo da dualidade.

A plenitude não está no campo da dualidade, a satisfação sim. Então a plenitude é completamente não dual. Ela vai depender simplesmente da nossa disponibilidade em acessá-la. Você pode fazer isso agora. Basta que você respire um pouco, entre em contato com a sua alma, repouse, e de repente você já está sentindo um bem-estar amplo.

A satisfação, não. Ela vai depender da gente administrar muito bem as condições externas. Se você for um excelente jogador do mundo, você vai sentir que sua vida está “dando certo”. Mas ao mesmo tempo você sente uma ansiedade constante porque as condições externas são sempre impermanentes. Então mesmo que você esteja vencendo, você fica com medo de que em algum momento esse jogo mude. E quando você está perdendo, você luta para começar a vencer.

É muito importante que a gente comece a diferenciar esses dois sentimentos. Claro que no nosso estágio atual, a gente vai continuar lutando pelas coisas que a gente quer, pelos nossos sonhos mais específicos. Isso faz parte. A gente não vai desistir disso agora. A gente talvez mais adiante vá transformar tudo isso. E isso ganha um outro significado.

No entanto, é muito importante a gente perceber que o sentimento de plenitude é aquilo que preenche de verdade o nosso vazio. Porque o sentimento de satisfação é muito fugaz. A gente vai realizar um desejo e já já surge outro desejo. Então o nosso maior investimento não é no sentimento de satisfação, e sim no sentimento de plenitude.

Caminho Simples | Escola de Autoconhecimento
www.caminhosimples.com

Leave a comment