Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • ARTIGOS   /
  • [ARTIGO] Inverno: tempo de nutrir a chama interna!

[ARTIGO] Inverno: tempo de nutrir a chama interna!

Foto: Geovanir Ribeiro (Banco de Imagens/ Flores no Ar)

| Da Redação Flores no Ar |

Neste dia 21/6/2022, logo de manhãzinha, o Sol entra no signo de Câncer, marcando cá no Hemisfério Sul o Solstício de Inverno.

É no Solstício de Inverno que acontece a noite mais longa do ano (onde ficamos mais distante do Sol). É também o momento do ano que marca o retorno gradativo da luz, no sentindo real e simbólico. Na Roda do Ano, é tempo de celebrar o Sabbat de Yule, quando se comemora o nascimento do Deus Sol.

O astrólogo Dimitri Camiloto diz: “A escuridão maior é o marco divisório entre um tempo que passou e um novo que se inicia. A partir de agora o Sol Invictus retornará gradativamente e cada vez mais glorioso, mas é preciso existir aceitação e compreensão de que sempre existe um processo de estagnação, morte, enriquecimento do solo com a matéria que se decompõe dessa morte, germinação e renascimento.”

“Após o plantio na Primavera, o amadurecimento no Verão, a colheita no Outono, chega então o Inverno, momento de olhar as sementes, ver o que valeu à pena e o que já não faz sentido, para então se desfazer do que não serve mais”, nos lembra a terapeuta Elisa Rodrigues, idealizadora do projeto Caminhando em Beleza.

Aqui no Hemisfério Sul, não por acaso, o Inverno chega na época das festividades de São João, onde temos a fogueira como um dos principais símbolos da festa. É o momento de queimar simbolicamente o que não tem mais serventia, deixando morrer o que precisa morrer e abrindo espaço pro novo.

É comum a gente lembrar do termo ‘hibernar’, quando se ouve falar em Inverno. E é isso mesmo. Inverno é tempo de introspecção, repouso, acolhimento, autoproteção, silêncio, meditação, contemplação, reflexão, revisão, avaliação, aceitação.

Numa época onde estivemos tão isolados fisicamente, pode parecer ‘over’ este chamado pro recolhimento. E pensando nisso, fiquei me perguntando: o quanto verdadeiramente estivemos interiorizados durante o ‘lockdown’? Sim, muitos de nós convivemos mais com a família, sem dúvida, tivemos que estar dentro de casa, mas o quanto aproveitamos esses períodos para estar em solitude? Cada uma/um faça sua autoavaliação. Por aqui, percebo que a Internet interferiu muito, apesar de também ter sido muitas vezes uma boa companhia.

Segundo os astrólogos, a entrada do Sol em Câncer traz uma energia favorável para refletirmos sobre as nossas emoções, o nosso passado, a nossa família, sendo uma ocasião bem boa para mergulharmos no autoconhecimento, na sabedoria interior.

Que aproveitemos essa mudança de estação, e alimentemos a nossa chama interna, com paciência, compaixão e ânimo para seguirmos aquecidas/os nesses tempos frios.

[Texto: Lu Rabelo – editora deste Portal Flores no Ar].

Leave a comment