Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • ARTIGOS   /
  • [ARTIGO] A quarentena e o desespero por live

[ARTIGO] A quarentena e o desespero por live

Por Patrícia Mello* |

O que dizer em tempo de morte sobre a necessidade de estar ao VIVO?

A live de agora já superada pela próxima é apenas o retrato mal falado da falta que sentimos dos nossos próprios saberes.

A quarentena em sua função primária, estabelece a necessidade de mantermos o isolamento social que implica em um tempo a mais no seu próprio reduto.

Saber-se estar consigo mesmo é uma arte que apresenta a beleza do caminho muitas vezes pouco percorrido, desconhecido, incerto… aquele que nos impele a olhar para nossas dores e amores nem sempre reconhecidos mas sempre pulsantes. Que bate a nossa porta/coração todas as vezes que termina a live do nosso escritor, compositor, amigo, cantor, terapeuta, professor, … favorito.

Mais um dia de quarentena mais uma(s) live(s), mais encontros remotos mas ao VIVO.

E assim seguimos esse momento: identificando, produzindo, avaliando, aprendendo, … ao VIVO, de forma simultânea, no tempo real do nosso famigerado tempo. Que o tempo todo nos informa que a qualquer momento (talvez no término da live) acabou o nosso tempo.

20/04, Outono de 2020.

*Patrícia Mello é psicóloga, arteterapeuta e gestora do Espaço Gerar – Arteterapia e Bem-Estar

Leave a comment