Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • AGENDA   /
  • [AGENDA PE] Show Solidário às vítimas das cheias, nesta sexta, com Antônio de Hollanda e bandas do Festival de Música na Escola

[AGENDA PE] Show Solidário às vítimas das cheias, nesta sexta, com Antônio de Hollanda e bandas do Festival de Música na Escola

Antônio de Hollanda se apresentará às 19h, acompanhado de Diogo Lopes (bateria e percussão), Rodrigo Cm (gaita) e Basilio Queiroz (baixo). Foto: Mariana Medeiros

Nesta sexta-feira (21/7), às 19h, no Teatro Brum (Centro de Convenções de Pernambuco), será realizado Show Solidário às vítimas das cheias, com o objetivo de captar fundos financeiros para a compra de colchões e de alimentos.

A atração principal será o músico Antônio de Hollanda, acompanhado de Diogo Lopes (bateria e percussão), Rodrigo Cm (gaita) e Basilio Queiroz (baixo). A apresentação conta, ainda, com participações especiais de Lu Rabelo e Marcos de Holanda.

Antônio de Hollanda é compositor, guitarrista e cantor pernambucano. O artista já tocou com músicos como Lu Rabelo, Johsi Guimarães e José Escudero. Após fazer shows na Espanha e na Bélgica, Antônio de Hollanda apresenta seu trabalho solo autoral com um repertório que transita entre diversos gêneros de música brasileira e rock.

Após o show de Antônio de Hollanda, serão realizados pocket shows de bandas de Escolas da Rede Pública de Ensino do Estado de Pernambuco que também apresentarão canções autorais. As bandas foram vencedoras do 10 Festival de Música na Escola de 2016. São elas: Banda Raiz de Cinco, Banda Antônio Campelo e Banda Porto Mix.

O evento é promovido pela Empetur e Secretaria Estadual de Educação junto ao Comitê de Entidades e Pessoas no Combate à Fome e Pela Vida – COEP em Pernambuco. A entrada será 1kg de alimento e voluntários também podem participar contribuindo com R$ 50,00 para compra de colchão com direito a cinco ingressos.

Cheias – As chuvas que atingem a Zona da Mata Sul de Pernambuco, desde maio de 2017, e o alerta da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) para a continuidade das precipitações de moderadas e fortes, preocupa os moradores da região. Muitas cidades sofrem as consequências, como transbordamento de rios, famílias desalojadas, deslizamentos, quedas de árvores e rodovias interditadas, além de registros de mortes. São 25 municípios declarados em situação de emergência. O último balanço divulgado foi de aproximadamente 45.000 desabrigados.

Leave a comment