Fique por dentro das novidades do Flores no Ar!
  • Facebook
  • Twitter

Arquivos

Flores no Ar Logotipo do Portal Flores no Ar

  • Home  /
  • AGENDA   /
  • [AGENDA PE] Lançamento do livro ‘O dia em que a Morte sambou’ dia 27/11

[AGENDA PE] Lançamento do livro ‘O dia em que a Morte sambou’ dia 27/11

o-dia-em-que-a-morte-sambou-foto

No dia 27 de novembro de 2016 será lançado, às 17h, na Livraria Cultura do Paço Alfândega, ‘O dia em que a Morte sambou’, terceiro livro infanto-juvenil do escritor egípcio naturalizado brasileiro Habib Zahra, em parceria com a artista plástica espanhola Valeria Rey Soto. Com a obra, o casal, radicado em Olinda desde 2005, procura aproximar a morte da vida, oferecendo perspectivas, não necessariamente novas, mas que resgatam outras abordagens sobre o inescapável tema, esquecidas, propositalmente, pela cultura contemporânea.

“Até o fim do século XVII não existia literatura infantil. As crianças aprendiam sobre a morte e as coisas da vida com a música e literatura oral que ouviam com os adultos. A partir do século XVIII, com o surgimento da literatura infantojuvenil enquanto gênero especializado, cada vez mais esterilizado, o assunto da morte, junto com outros temas julgados tabus, foi gradualmente excluído da vida das crianças, com o intuito de ‘protegê-las’”, comenta Habib.

A história de um brincante
O dia em que a Morte sambou é sobre Seu Biu, um velho brincante… Ágil, alegre e sorridente, não deixa nem a velhice e nem a morte acabarem com seu regozijo de existir.

O livro começa assim: “Dos seus amigos de infância, da sua família, das pessoas com quem cresceu, ele guardava apenas lembranças. Até seus filhos não estavam mais por aqui. O ancião morava só, em uma casinha de taipa, do outro lado do rio Tracunhaém”. O que pode soar trágico para muitos, para Seu Biu não é motivo de lamento, pois ele tem a música, a dança e, sobretudo, uma consciência aguda da sua profunda conexão com o universo.

“Essa obra é inspirada, em parte, pela nossa vivência com os brincantes de maracatu rural e cavalo-marinho da Zona da Mata de Pernambuc.”, revela Valeria.

Mais sobre os autores…
Habib Zahra nasceu no Egito em 1980; Valeria Rey Soto, na Espanha, em 1982. Cresceram bem pertinho um do outro, com apenas as águas do Mar Mediterrâneo separando o litoral norte-africano da Península Ibérica. Só se conheceram, no entanto, um quarto de século depois, lá do outro lado do mundo, em uma cidade chamada Olinda, no Nordeste do Brasil. Logo se juntaram para explorar o imenso país onde se encontravam, seu litoral e seus interiores, seus rios e suas florestas, seu povo e suas tradições… Como também namoravam bem muito (é claro!), acabaram ganhando um filhotinho, Miguel Ibrahim, de cabelo cor de cenoura. Estrearam no mundo da literatura infantojuvenil em 2012 com O Burro Errante, uma fábula inspirada pelas andanças de Habib e em 2014 lançaram O último golpe do Lobo Mau. Valeria é artista plástica; Habib, biólogo de formação. Ambos também trabalham com teatro.

SERVIÇO

Lançamento no dia 27 de novembro, às 17h, na Livraria Cultura do Paço Alfândega. Os autores vão aproveitar da ocasião para estrear o espetáculo teatral que montaram a partir do livro, com bonecos de sombra e uma trilha sonora executada ao vivo. Uma seleção das aquarelas que ilustram o livro estará também em exposição, e ficará abrigada no mezanino da livraria até o dia 27 de dezembro.

O dia em que a Morte sambou, realizado com incentivo do Funcultura, será lançado, também, no domingo 11 de dezembro, às 17h, na galeria A Casa do Cachorro Preto, em Olinda.

E no sábado, 17 de dezembro, às 15h, na Biblioteca Comunitária Amigos da Leitura, Alto José Bonifácio*.

Em todas as ocasiões haverá apresentação da peça teatral homônima.

O preço do livro nas grandes livrarias será de R$ 34,00.

*Na Biblioteca Comunitária, para tornar o livro mais acessível aos moradores do bairro, será oferecido um desconto de 50% sobre o preço de capa, ficando podendo ser adquirido por apenas R$ 17,00.

No site há mais informações sobre os autores: http://www.habib-valeria.com

Leave a comment